Síndrome do Cólon Irritável

IBS

A síndrome do cólon irritável (SCI) afeta três vezes mais mulheres do que homens. É uma perturbação da mobilidade de todo o trato gastrointestinal com intensidades variáveis de dor abdominal, obstipação ou diarreia, muito associado ao stress em indivíduos suscetíveis. A dor abdominal tende em aliviar depois de uma evacuação. Pode ser acompanhado por outros distúrbios gastrointestinais, tais como inchaço, gases, náuseas, muco, sensação de evacuação incompleta ou dor no ânus e no reto. A síndrome do cólon irritável também é acompanhada de sintomas de natureza não digestiva, tais como: dor de cabeça, cansaço, moleza, depressão, ansiedade e falta de concentração. Felizmente, a maioria das pessoas apenas sente alguns destes sintomas, mas de uma forma periódica. A síndrome do cólon irritável é uma desordem gastrointestinal puramente funcional, ou seja, não é conhecida nenhuma causa anatómica, bioquímica ou infeciosa. Os sintomas podem ser, por vezes, confundidos com outras condições, por exemplo, intolerância à lactose, infeções bacterianas, parasitas, cancro, entre outros. Por esta razão, dependendo da severidade dos sintomas, idade e do seu estado geral de saúde é, por vezes, necessário fazer alguns testes para poder excluir outras causas, antes de se diagnosticar a síndrome do cólon irritável.

A Medicina Tradicional Chinesa tem em conta todos os aspetos desta síndrome e pode ser utilizada tanto numa fase aguda como preventivamente.  O tratamento é adaptado a cada caso e consiste em recomendações dietéticas (alguns alimentos que devem ser evitados e alguns recomendados), fitoterapia (combinações de plantas terapêuticas específicas), acupuntura e técnicas de relaxamento. Regra geral, obtêm-se ótimos resultados.

Anúncios