Insónia

Tratamento da Insónia

A maioria das pessoas passa por vezes noites em que não consegue dormir, a virar de um lado para outro, a sentir-se frustrados e a pensar como é que se vão aguentar no dia seguinte. No entanto, para alguns isto ocorre com demasiada frequência. Ou não conseguem adormecer, ou acordam demasiado cedo e não conseguem voltar a adormecer, ou têm o sono pouco profundo, etc. Para além disto, a insónia tende a agravar com a idade.

insonia

O tratamento com a medicina ocidental focaliza-se principalmente na utilização de medicamentos. Contudo, estes têm efeitos secundários desagradáveis, pois apesar de ajudarem a dormir podem provocar sonolência, apatia, e por vezes um pouco de confusão no dia seguinte. Também podem causar dependência e, quando se tenta retirar a medicação, a insónia normalmente tende a voltar com mais intensidade.

O tratamento com a Medicina Chinesa é baseado num diagnóstico individual, tendo em conta os sintomas individuais de cada pessoa. De uma forma geral, é um excesso de Yang em relação ao Yin. Os órgãos principais responsáveis pela insónia dentro da Medicina Chinesa são o coração, fígado, baço e rins (cada órgão corresponde a sinais e sintomas específicos). O tratamento tende sempre a ir à raiz do desequilíbrio que está a causar a insónia. A Medicina Chinesa não utiliza simplesmente sedativos e tranquilizantes e é por isso que promove um sono tranquilo sem sonolência, moleza e dependência.

Como é que sei que funciona?

Vários estudos têm sido feitos na República Popular da China em relação aos efeitos da Acupuntura e da Medicina Herbal Chinesa no tratamento de vários tipos de insónia. Todos estes estudos demonstram que a Medicina Chinesa consegue ajudar nas pessoas que sofrem de insónia.

Anúncios