Fibromialgia

A fibromialgia, também chamada de síndrome da fibromialgia (SFM), é uma condição que afeta principalmente as mulheres entre os 20 e os 50 anos de idade. Não é reumática, inflamatória, progressiva ou degenerativa e também não se trata apenas de um problema psicossomático ou psiquiátrico.

Em 1987, a (AMA) American Medical Association (Associação Médica Americana), reconheceu SFM como uma verdadeira doença incapacitante.

A fibromialgia pode ser diferenciada de outras doenças músculo-articulares crónicas pela presença de dor muscular crónica generalizada, rigidez, insónia, fadiga, depressão e sensibilidade aumentada em pelo menos 11 de 18 pontos específicos no corpo. Dos doentes com SFM, 70-90% terá também um ou mais dos seguintes sintomas: mal-estar pós-esforço, distúrbios do sono, dores de cabeça, pés inchados, dormência e/ou formigueiro, dificuldade no raciocínio e concentração, tonturas, sensibilidade à luz, ao barulho e/ou cheiros, hipersensibilidade ao stress, menstruação dolorosa e boca seca. Em termos de distúrbios do sono, quem sofre de SFM geralmente adormece bem, mas não é capaz de ter um sono profundo ou acorda demasiado cedo.

fibromialgia

Tendo em conta que a fibromialgia envolve uma série de diferentes sintomas, os médicos ocidentais tentam tratar este transtorno pela prescrição de medicamentos diferentes para cada um dos sintomas. Por exemplo, os antidepressivos são comummente prescritos para tratar os problemas do sono e do humor, e os anti-inflamatórios não-esteróides são prescritos para a dor. Infelizmente, nem todos os pacientes toleram bem os antidepressivos e até mesmo os anti-inflamatórios não-esteróides têm os seus potenciais efeitos secundários. Ironicamente, alguns destes efeitos secundários correspondem a muitos dos sintomas da fibromialgia.

Como é que a Medicina Chinesa trata a Fibromialgia?

Segundo a teoria médica chinesa, a maioria dos pacientes com SFM tem uma desarmonia Fígado-Baço no centro do mecanismo da sua doença. Isto significa que o Qi do seu Fígado está estagnado e o Baço está debilitado. Com base neste mecanismo, os doentes sofredores de SFM podem ter os seus tendões e vasos mal nutridos, podem ter obstrução por humidade-calor, estase de sangue e deficiência do yin ou yang do Rim. O tratamento consiste principalmente na administração oral de fórmulas herbáceas chinesas, no entanto, dependendo do especialista e do padrão individual de cada paciente, a acupuntura, moxabustão (terapia por calor), e/ou massagem chinesa (Tui Na) também podem ser utilizados. Além disso, os profissionais também poderão ter em conta a dieta do paciente e o estilo de vida, a fim de tratar toda a pessoa e eliminar a raiz do problema.

Normalmente, o tratamento da fibromialgia com a medicina chinesa tem uma duração de alguns meses, na sua fase ativa. Os tratamentos também são utilizados de forma preventiva.

Anúncios