Tratamento Complementar para Quimioterapia e Radioterapia

683-cancer-cell

Este tipo de doença é um exemplo típico em que a combinação da medicina chinesa com a medicina convencional é, sem dúvida, a melhor solução para o doente.

Inúmeros estudos indicam que combinando a Medicina Herbal Chinesa e a Acupuntura com os tratamentos convencionais de Radioterapia e Quimioterapia, não só aumenta a eficácia do tratamento, como também diminui significativamente os efeitos secundários e complicações associadas aos diversos fármacos citotóxicos.

Estudos clínicos têm demonstrado que existem grandes vantagens quando se utiliza a Medicina Herbal Chinesa, em termos de supressão da progressão do tumor e aumento da sensibilidade ao tratamento convencional. Também reduz eficazmente muitos dos sintomas, tais como: dor, cansaço, diarreia, obstipação, náuseas, vómitos, perda de apetite, perda de cabelo, tonturas, mal-estar geral, depressão, fragilidade das unhas, supressão da medula óssea, dormência, formigueiro, parestesia de mãos e pés, aftas, febre, reações cutâneas, cistite, protege o fígado, melhora as infeções respiratórias e ainda melhora os sintomas relacionados com caquexia.

A Acupuntura é utilizada neste tipo de tratamento para complementar a Medicina Herbal e ajudar a minimizar ainda mais os efeitos secundários.

Idealmente, o tratamento com a Medicina Tradicional Chinesa deve ser iniciado duas semanas antes de iniciar os tratamentos convencionais e terminar duas a seis semanas após o final do tratamento, sendo, no entanto, eficaz em qualquer altura.

Anúncios