Síndrome do Canal Cárpico e a Medicina Chinesa

Canal Cárpico

A síndrome do canal cárpico surge quando o nervo mediano que passa por um canal ou túnel na zona do pulso fica irritado ou comprimido. Os fatores que estão associados ao desenvolvimento deste problema são em especial os movimentos repetitivos do pulso. No entanto, existem outros fatores, tais como diabetes, artrite reumatoide, problemas de tireoide, gravidez, etc. É um problema que surge mais em mulheres entre os 35 e os 60 anos de idade, ocorrendo menos frequentemente em homens ou em mulheres mais jovens.

Os sinais e sintomas que podem surgir são: a dor no punho, mão e antebraço; formigueiro e dormência, principalmente no dedo polegar, no dedo indicador, no dedo médio e em metade do dedo anelar, porque o nervo mediano é responsável pela sensibilidade nestas áreas; dificuldade em agarrar objetos; dificuldade em fechar a mão, etc. Estas sensações tendem a ser mais frequentes à noite e durante o sono. Se o problema não for tratado, os músculos podem atrofiar.

O tratamento na medicina convencional consiste em medicamentos anti-inflamatórios, injeções no pulso e cirurgia. Alguns exercícios específicos também podem aliviar os sintomas iniciais da síndrome do canal cárpico.

A Medicina Tradicional Chinesa apresenta excelentes resultados e é uma ótima alternativa para tratar os sintomas relacionados com o canal cárpico, inclusive em muitos casos sentem-se logo resultados após os primeiros tratamentos (em especial no alívio da dor).

Anúncios