Menopausa

A menopausa é um fenómeno biológico normal que marca o fim dos anos reprodutivos da mulher. Em média, a menopausa ocorre por volta dos 51 anos de idade, mas varia consoante o início da menstruação. A maioria das mulheres passa pelo menos 1/3 das suas vidas na menopausa ou na pós-menopausa.                               A menopausa é a última etapa de um processo biológico gradual, em que os ovários reduzem a produção de hormonas sexuais femininas (as 2 princiapis são o estrogéneo e  a progesterona). A fase gradual antes da cessão completa da menstruação é conhecida por perimenopausa. O processo da menopausa é considerado completo quando a mulher não tem menstruação durante um ano completo. Existe outro tipo de menopausa conhecida por menopausa cirúrgica que ocorre se ambos os ovários forem removidos por razões médicas,  podendo acontecer numa histerectomia (remoção do útero).

menopauseTHOUGHTFUL

Sinais e sintomas

Os sintomas típicos da menopausa variam de mulher para mulher. Alguns investigadores especulam que essas diferenças poderão estar relacionadas com a dieta, estilo de vida e/ou a forma como se encara o envelhecimento. No entanto, em geral, podem surgir os seguintes sintomas:

  • Ciclos menstruais irregulares – volume de sangue menstrual diminuído até parar definitivamente (processo que pode levar cerca de quatro anos).
  • Afrontamentos, rubor na face e peito (pode ser acompanhado por palpitações, tonturas e dores de cabeça).
  • Suores noturnos, ondas de calor
  • Mãos e pés frios
  • Perda de memória
  • Alterações Vaginais – ressecamento, comichão, sangramento após relação sexual.
  • Alterações urinárias – micção frequente, ardor ao urinar, urinar à noite, incontinência.
  • Insónia
  • Alterações do humor – depressão, irritabilidade, tensão.
  • Perda de tónus da pele levando ao aparecimento de rugas.
  • Aumento de peso, alteração da distribuição de gordura, concentrado-se mais na área central e abdominal.

Com o tempo, os níveis de estrogénio e progesterona muito baixos, podem contribuir para o desenvolvimento de condições mais graves, incluindo as seguintes:

  • Osteoporose
  • Doenças cardiovasculares
  • Doença de Alzheimer
  • Degeneração macular (perda de visão no centro do campo visual)
  • Glaucoma
  • Cancro do cólon

Tratamento Ocidental

 Existem muitos medicamentos disponíveis de substituição hormonal (estrogénio, progesterona), comummente denominado por terapêutica hormonal de substituição (THS). THS tem provado ser muito eficaz no alívio de muitos dos sintomas da menopausa, mas ao mesmo tempo o tratamento hormonal também tem sido algo controverso. Estudos recentes relatam que a THS  pode aumentar o risco de doenças cardíacas e AVC. A THS também pode aumentar o risco do cancro da mama. Com base nestas preocupações e evidências científicas até a data, os médicos são incapazes de recomendar o uso prolongado da THS.

Tratamento segundo a Medina Tradicional Chinesa (MTC)

Segundo a MTC, os problemas menopausicos devem-se fundamentalmente aos seguintes quadros:

– Deficiência “Yin dos Rins e Fígado”, com “subida Yang do Fígado

– Declínio da “essência dos Rins” (Yin, Yang ou a combinação da duas)

– Deficiência “Sangue do Fígado

– Deficiência “Yang dos Rins e Baço

– Desarmonia “Rim-Coração

– Deficiência do “Ren Mai e Chong Mai

Esta terminologia da Medicina Chinesa corresponde a padrões/síndromes e por sua vez a sinais e sintomas distintos. Na prática clínica os sinais e sintomas provêm normalmente de uma combinação destes padrões/síndromes e o tratamento é feito de acordo. Dando como exemplo o primeiro caso (deficiência de “Yin dos Rins e Fígado com subida Yang”), os sintomas principais associados são os seguintes: menstruação irregular ou cessada, tonturas, zumbidos, afrontamentos e suores, irritabilidade, dor de cabeça, zona lombar dolorida e fraca, fezes secas, língua vermelha com pouca capa, e um pulso rápido e fino. Cada padrão/síndrome tem sinais e sintomas distintos.

Utilizando principalmente a acupuntura e a fitoterapia, consegue-se eliminar e/ou reduzir eficazmente os sintomas de uma forma natural e sem efeitos secundários. Os tratamentos também são direccionados para a prevenção de algumas das condições referidas anteriormente, principalmente a osteoporose.

Anúncios